GTA V é repleto de citações, às vezes involuntárias. Esta, em particular, constitui — deliberadamente ou não — uma caricatura interessante da modernidade e de seu projeto.

Circulando pelas áreas mais pobres da zona Sul de Los Santos, em meio às ruas do distrito de Davis, é difícil ignorar o monumento localizado junto ao fórum local. Situado no centro do bairro e complementado por uma delegacia de polícia e uma biblioteca, o conjunto constitui uma espécie de "praça de serviços" e equipamentos públicos para a população local. É igualmente difícil não notar a curiosa semelhança entre tal monumento e a Catedral Metropolitana de Brasília, obra máxima do mestre da arquitetura brasileira Oscar Niemeyer.

Los Santos, principal ambientação do jogo eletrônico…


Originalmente publicado em https://arquiteturaemnotas.com/2021/07/14/o-logotipo-do-cnrc/

O Centro Nacional de Referência Cultural (CNRC) — ou Centro Nacional de Referências Culturais, a depender de onde aparece a menção à instituição — é um dos mais míticos personagens presentes em narrativas variadas a respeito da trajetória das instituições ligadas ao patrimônio cultural e (em alguma medida) ao design no Brasil.

Fundado em 1975 e idealizado por uma equipe liderada pelo célebre designerAloísio Magalhães, o CNRC se constituiu de uma interessante e curiosa iniciativa de inventariação, registro e fomento das manifestações culturais e artísticas populares nacionais gestada em meio às contradições do estado brasileiro durante…


publicado em https://arquiteturaemnotas.com/2020/12/02/a-brasilia-de-william-pitt/

Um dos documentos mais misteriosos e interessantes relacionados aos mitos de fundação do Brasil, à sua independência e à construção do imaginário em torno de seu território é um provável texto apócrifo, produzido na primeira década do século 19, atribuído ao político conservador britânico William Pitt — que foi, por duas vezes, primeiro-ministro de seu país.

nova lisboa

Trata-se de um discurso, supostamente proferido por Pitt no Parlamento britânico, no qual o primeiro-ministro defendia a transferência da capital do reino de Portugal a uma cidade a ser construída no interior do Brasil, a ser oportunamente chamada de Nova Lisboa…


Originalmente publicado em https://arquiteturaemnotas.com/2020/06/19/5-razoes-pelas-quais-voce-talvez-devesse-ser-a-favor-da-destruicao-de-estatuas/

Crítica expográfica é um blog com um interessante material sobre a prática e o estudo da expografia, bem como de assuntos relacionados a museus e patrimônio cultural. Recentemente a autora, Renata Lanz, especialista em design expográfico e áreas afins, publicou um artigo elencando 5 razões pelas quais as pessoas deveriam ser contra a destruição de estátuas, em função dos recentes casos de derrubada de monumentos dedicados a figuras associadas ao racismo e ao tráfico de escravos.

Do ponto de vista de teorias clássicas da conservação e campos similares, os argumentos são sólidos e valem a leitura…


Publicada em https://arquiteturaemnotas.com/2017/01/03/carta-aos-academicos-para-2017/

Você acabou de fazer oitenta e dois anos. Continua bela, graciosa e desejável. Faz cinquenta e oito anos que vivemos juntos, e eu amo você mais do que nunca. Recentemente, eu me apaixonei por você mais uma vez, e sinto em mim, de novo, um vazio devorador, que só o seu corpo estreitado contra o meu pode preencher. À noite eu vejo, às vezes, a silhueta de um homem que, numa estrada vazia e numa paisagem deserta, anda atrás de um carro fúnebre. Eu sou esse homem. É você que esse carro leva. Não quero assistir à…


Art. 1º. Fica proibida a organização do espaço escolar na forma de cadeiras enfileiradas.

Art. 2º. Fica proibido o uso de sinais sonoros para indicar o início e término de períodos letivos.

Art. 3º. Fica proibido o uso de dispositivos de vigilância e punição, tais como câmaras, alarmes, inspetores e quaisquer outras formas de contenção de corpos e mentes.

Art. 4º. Fica proibida a separação de banheiros por gênero de forma binária.

Art. 5º. Fica proibida toda e qualquer hierarquia educativa e administrativa na escola, incluindo a autoridade do professor sobre o aluno, do coordenador sobre o professor, do diretor sobre o coordenador, do governador sobre o diretor.

Art. 6º. Fica proibida a escola.

Art. 7º. Ficam proibidas todas as proibições.


Obituário. Na madrugada deste 12 de maio de 2016 faleceu em Brasília (DF) a jovem Nova República. Também conhecida pela carinhosa alcunha de “Democracia”, a jovem contava 27 anos. Era popular e moderna: apesar da origem aristocrática, recusava rótulos como “bela”, “recatada” ou “do lar”. Vítima de doença terminal desde 2015, nossa jovem Democracia já agonizava havia cerca de um mês em seu leito de morte. A centelha final desapareceu após alguns ataques fulminantes do mal que a afligia — ainda pouco compreendido pela ciência contemporânea. …


A recente intervenção artística realizada nas paredes interiores dos Arcos do Bixiga — ou, como prefere a imprensa quatrocentona aqui da provínicia, dos "Arcos do Jânio" — é um dos mais significativos episódios da história do preconceito paulistano. Falta água, falta luz, sobram tarifas, mas nada disso importa: para o paulistano orgulhoso de sua pátria bandeirante, o verdadeiro motivo para se manifestar é contra esta incivilizada e popularesca demonstração bárbara de vandalismo cometido naquele seu importante — e, supõe-se, dado todo o estardalhaço, cotidianamente relembrado e celebrado — patrimônio cultural.

Os argumentos têm sido recorrentes, tanto em seu conteúdo quanto…


Se quisermos tomar a universidade pública por uma nova perspectiva, precisamos começar exigindo, antes de tudo, que o Estado não tome a educação pelo prisma do gasto público e sim como investimento social e político, o que só é possível se a educação for considerada um direito e não um privilégio, nem um serviço.

Marilena Chauí, A universidade pública sob nova perspectiva, 2003, p. 11.

Resposta ao editorial da Folha de São Paulo do dia 19 de agosto de 2014

Tantos são os absurdos existentes no editorial da Folha de S.Paulo do dia 19 de agosto de 2014 a respeito da Universidade de São Paulo que eles merecem uma resposta específica, ponto por ponto. Intitulado…


Por Euler Sandeville

Texto de Euler Sandeville publicado em https://www.facebook.com/photo.php?fbid=10201374775765987&set=a.1065237485796.9406.1671801208

O PDE traz avanços na questão da habitação e ambientais, mas abre porteiras imensas tornando a cidade um tabuleiro de negócios, embora a revisão do Nabil nas questões sociais da habitação, e em outras, tenha sanado muitos dos problemas introduzidos em exagero por SMDU, mas talvez devido á correlação de forças e aos interesses em jogo, não conseguiu superar questões urgentes que definirão a gestão da cidade, em sua dimensão legal ao menos, por anos. Bem, mas se o PDE tem algum avanço, e enormes riscos, está aí em vias de ser votado.

gabriel fernandes

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store